Cobrança do serviço online do Switch será iniciada na próxima semana

Cobrança está prevista para começar na próxima terça-feira (18); jogadores terão "período de testes" grátis por uma semana

Tufão e terremoto no Japão cancelam Nintendo Direct

Devido a desastres naturais e em respeito as vítimas, Nintendo cancela transmissão prevista para esta sexta-feira (06/09)

De forma surpreendente, Nintendo inaugura loja online no Brasil

Jogadores brasileiros finalmente podem comprar jogos com preços em reais

[SECRET HOARD] Os momentos mais surpreendentes de Donkey Kong Country Tropical Freeze

Confira alguns momentos curiosos do jogo e que quase ninguém havia reparado neles até agora

Confira os detalhes do serviço online do Switch

Nintendo disponibiliza plano família para quem divide o console com várias pessoas

domingo, 12 de maio de 2019

[E3] Confira a grade de programação da Nintendo para a E3 2019

Falta um mês para e E3 2019, e a Nintendo divulgou um lembrete com sua programação para o evento, que acontecerá em Los Angeles. Segundo a empresa, além do tradicional Nintendo Direct, serão organizados campeonatos e transmissões ao vivo diretamente do local do evento. Confira abaixo:



  • Torneios de Splatoon 2 e Super Smash Bros. Ultimate - 08 de junho, a partir das 15h, horário de Brasília;
  • Nintendo Direct - 11 de junho, a partir das 13h, horário de Brasília. O canal e site oficiais da Nintendo farão a transmissão;
  • Nintendo Treehouse: Live - três dias de live com a equipe de desenvolvedores e membros da divisão Treehouse jogando as principais novidades apresentadas pela Big N na E3. Terá início no dia 11 de junho, horários e locais de transmissão a definir.


Via Nintendo Blast.

segunda-feira, 29 de abril de 2019

[GAMES] Em semana de baixo movimento, Switch ultrapassa marca de oito milhões de unidades vendidas no Japão; 3DS permanece em 3º

A última semana foi de baixo movimento no mercado de games do Japão. Mas mesmo assim, o Switch "tirou leite de pedra": além de seguir com certa folga na liderança do ranking de vendas nipônico, o console híbrido elevou sua base instalada para pouco mais de oito milhões de unidades, estando, somente, a 33 mil de distância do Playstation 4. Apenas para efeito de comparação, o Switch tem apenas dois anos de vida, enquanto o PS4 está nas lojas desde 2014. Alheio a tudo e todos, o Nintendo 3DS se mantém na terceira posição.
ATENÇÃO: Desde o final de março, o instituto Media Create, responsável pela divulgação das vendas semanais no Japão, parou de fornecer os dados. Sendo assim, passaremos a mostrar as vendas de acordo com a Famitsu, que também contabiliza como vendas físicas os cartões que possuem códigos para download dos jogos, além de listar apenas os dez jogos mais vendidos de cada semana.

Na disputa dessa semana, a Nintendo "atropelou" a Sony, com oito jogos no top 10, contra apenas dois da rival.

Confira os 10 jogos mais vendidos no Japão, na semana entre os dias 15 e 21 de abril:

  1. Earth Defense Force: Iron Rain (PS4) - 12.923 / 68.496
  2. Langrisser I & II (PS4) - 11.902 / NOVO
  3. Super Smash Bros. Ultimate (Switch) - 11.080 / 3.029.577
  4. Nintendo Labo Toy-Con 04: VR Kit (Switch) - 9.074 / 35.708
  5. Yoshi's Crafted World (Switch) - 9.061 / 100.733
  6. Langrisser I & II (Switch) - 9.031 / NOVO
  7. Minecraft (Switch) - 8.532 / 737.500
  8. Super Dragon Ball Heroes: World Mission (Switch) - 8.161 / 93.283
  9. Sekiro: Shadows Die Twice (PS4) - 7.654 / 231.649
  10. New Super Mario Bros. U Deluxe (Switch) - 7.299 / 575.844

Agora, os consoles mais vendidos no mesmo período:

  1. Switch - 40.338 / 8.000.058
  2. PS4 - 11.363 / 8.033.587
  3. 3DS - 3.232 / 24.402.424
  4. PSvita - 571 / 5.858.044
  5. Xbox One - 86 / 104.942


Via Switch Brasil.

domingo, 28 de abril de 2019

[E3] Nintendo revela detalhes de sua participação na próxima edição da Electronic Entertainment Expo

Oi, pessoal, tudo bem?
Na reunião com investidores e acionistas em que divulgou os resultados financeiros referentes ao último ano fiscal da Nintendo, Shuntaro Furukawa, o presidente da companhia, falou também sobre a participação da Big N na E3 2019, que ocorrerá entre os dias 11 e 13 de junho. Segundo o executivo, seguindo o costume iniciado em 2013, para apresentar as novidades durante o evento, será transmitido um Direct, em vez de uma conferência no próprio Los Angeles Convention Center. O vídeo poderá ser acompanhado em um site temático da feira, que a Nintendo inaugurou no início de abril.

Além disso, Furukawa reforçou que não está nos planos da gigante de Kyoto anunciar uma nova versão do Switch na próxima edição da E3, o que enfraquece alguns rumores que vem circulando pela internet. Veja a declaração dele abaixo:
Como regra geral, estamos sempre trabalhando em novos hardwares e vamos anunciar quando estivermos prontos para vendê-los. Mas não temos planos para anunciar isto na E3 deste ano, em junho.
Assim como no ano passado, o evento contará ainda com torneios mundiais de Super Smash Bros. Ultimate e Splatoon 2, programados para ter início no dia 8 de junho, ou seja, três dias antes da abertura dos estandes no centro de convenções. A data e horários exatos para a divulgação do Direct especial, entretanto, ainda não foram informados.
Até mais!


Via A Casa do Cogumelo [1] e [2]

sexta-feira, 26 de abril de 2019

[GAMES] Nintendo divulga relatório financeiro do ano fiscal 2018 / 2019; confira

A Nintendo divulgou o relatório financeiro do ano fiscal 2018 / 2019, que se encerrou no último dia 31 de março. De acordo com os resultados, a Big N fechou este período com lucro líquido de ¥ 194 bilhões, ou US$ 1.7 bilhão, e receita de ¥ 1 trilhão e 200 bilhões, ou US$ 10.7 bilhões, sendo que destes, 77,9% vieram de fora do Japão. Já o lucro operacional foi de ¥ 249.7 bilhões, ou US$ 2.2 bilhões. Para o próximo ano, são esperados US$ 11 bilhões de receita, e US$ 2.3 bilhões de lucro operacional.

Tudo isso fortemente impulsionado pelo sucesso do Switch, que ainda não atingiu os números projetados para ano fiscal encerrado: o console híbrido vendeu 16.9 milhões de unidades, pouca coisa abaixo dos 17 milhões estipulados pela Nintendo. No entanto, bastou isso para que sua base instalada global atingisse 34.74 milhões de unidades, ultrapassando o Nintendo 64. No quesito de jogos, foram comercializadas 118.5 milhões de cópias, acima do previsto, de 110 milhões; para o próximo ano fiscal, a Nintendo espera vendas na casa de 125 milhões.

Já o Nintendo 3DS, em seu oitavo ano de vida, vendeu pouco mais de 2.2 milhões de unidades, também levemente abaixo do previsto, mas o suficiente para elevar sua base instalada global para 75.08 milhões. Os jogos do portátil venderam 13.2 milhões de cópias, acima da meta, e agora são esperadas mais 5 milhões até 2020.

As vendas do mercado de dispositivos móveis também foram positivas. Segundo o relatório, elas acumularam ¥ 46 bilhões, ou US$ 411 milhões, aumento de 17% em relação ao ano 2017 / 2018, com destaque para Dragalia Lost.

O relatório também destaca a adesão ao Nintendo Switch Online. O serviço online pago do Switch teve início em setembro do ano passado, e cerca de 9.8 milhões de contas já possuem assinaturas do serviço, incluindo aqueles que formaram um grupo familiar. Além de permitir partidas online, as assinaturas dão aos jogadores acesso a uma grande variedade de títulos clássicos originalmente lançados para o NES.

Após a divulgação de todos esses dados, entretanto, as ações da Nintendo registraram queda de mais de 7%. Isso se deu por conta de expectativas de vendas de investidores não alcançadas no período.


Via Tudo Nintendo, Switch Brasil e IstoÉ Dinheiro.

domingo, 21 de abril de 2019

[GAMES] Empresa recebe aprovação para comercializar o Switch na China; ações da Nintendo disparam após anúncio

Após conquistar o mundo, faltava apenas um lugar para o Switch fazer a alegria dos jogadores, mas não era um lugar qualquer. Um dos países mais fechados do mundo, a China aprovou o pedido da empresa Tencent para comercializar o console híbrido da Nintendo no país. A aprovação saiu pouco mais de dois anos depois do lançamento mundial do console.

Segundo fontes do governo, o parecer favorável foi emitido por autoridades da província de Guangdong, no sul da China. Com isso, a Tencent está liberada para distribuir o Switch no país, junto com uma versão de testes do jogo New Super Mario Bros. U Deluxe. Após o anúncio, Gu Tianyi, analista de mercado da empresa Newzoo, afirmou que "lançar o Nintendo Switch na China é uma grande oportunidade tanto para a Nintendo quanto para a Tencent", ressaltando ainda que Sony e Microsoft seguem batalhando para vencer a complexa burocracia chinesa e liberarem seus consoles para venda. Tianyi finalizou:
“O que diferencia a Nintendo, no entanto, é que sua lista de propriedades intelectuais - incluindo Mario, Zelda e Pokemon - já é extremamente popular no mercado. Além disso, o aspecto móvel do Switch é uma excelente opção para a cultura mobile da China.”

Os investidores reagiram de forma positiva. Logo em seguida ao anúncio da aprovação da Tencent, os papéis da Nintendo na Bolsa de Valores de Tóquio dispararam, em média, 14%, registrando um pico de 16% de valorização. No entanto, apesar desta animação inicial, o analista Daniel Ahmad alerta que levará tempo para que o Switch seja lançado de forma oficial na China:
"Isso ainda é muito cedo no processo. Portanto, esperamos que haja algum tempo antes do console ser lançado na China."

Ahmad acrescenta que tanto a Nintendo quanto a Tencent precisarão da aprovação de várias outras agências reguladoras para que o Switch seja liberado sem nenhuma restrição para os chineses:
"A Nintendo e a Tencent também precisarão submeter cada jogo para aprovação na China e garantir que os jogos estejam de acordo com os regulamentos de conteúdo. Este também é um processo demorado e significa que levará algum tempo até que a Nintendo possa construir uma grande biblioteca de jogos oficiais na China."


Via GameVício e Reuters.

terça-feira, 16 de abril de 2019

[CURTAS] Reggie Fils-Aime se aposenta da Nintendo e cria conta no Twitter

O dia 15 de abril de 2019 entrou para a história da indústria dos videogames, pois nesta data, Bowser assumiu o controle da Nintendo. Mas calma, não é o Rei Koopa de quem estamos falando, mas sim de Doug Bowser, ex-gerente de marketing e vendas da Big N, que se tornou presidente da Nintendo of America, no lugar de Reggie Fils-Aime.

Regginator, como ficou conhecido nas redes sociais, era presidente da divisão americana da Nintendo desde 2006, sendo o primeiro não japonês a ocupar o cargo. Em fevereiro, chocou o mundo ao anunciar sua aposentadoria, afinal, era uma figuras mais irreverentes da indústria, protagonizando cenas épicas como uma luta coreografada com o falecido ex-presidente Satoru Iwata, na apresentação da E3 de 2014. E por ter ciência disso, Reggie fez a alegria dos fãs ao abrir uma conta própria no Twitter:




Via A Casa do Cogumelo.

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Explicações

Bem... desde março não sai uma postagem nova, e quase sempre elas se resumem aos rankings de vendas. Nada mais justo do que explicar os motivos.

Como não é novidade pra ninguém, nós também temos vida, e ela está bem movimentada ultimamente. O Diddy Kong arrumou um estágio e eu também estou tentando me encaminhar, o que significa que nenhum de nós estamos tendo todo o tempo livre necessário para dedicar ao blog. Aliado a isso, temos uma estranha falta de matérias relevantes para serem postadas, o que gerou esse "hiato" sem explicação aparente.

Pedimos desculpas pela falta de atualizações do blog, e agradecemos a compreensão.