quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

[CURTAS] Nintendo revela os valores que serão cobrados pelo sistema online do Switch

Durante o Nintendo Switch Presentation 2017, foi anunciado que, pela primeira vez em sua história, a Nintendo passaria a cobrar pelo uso dos serviços online que o Switch vai oferecer. A decisão da Big N desagradou a muitos, uma vez que era o diferencial da empresa sobre a concorrência. Mas antes que todos comecem a quebrar seus cofrinhos ou esvaziar suas contas bancárias, a Nintendo revelou o quanto pretende cobrar, e não será muito.

Em uma entrevista, o presidente Tatsumi Kimishima anunciou que as assinaturas para uso do sistema online do Switch terão valores entre ¥2,000 e ¥3,000. Em uma conversão direta, será preciso desembolsar quantias entre US$17,65 e US$26,48, ou R$55,60 e R$83,40 anuais!! Isso mesmo, se o valor cobrado for o maior acima listado, a mensalidade flutuará na faixa de R$7, o que é praticamente de graça quando comparado aos valores praticados pela Sony e Microsoft. Ainda que sejam cobradas taxas extras, como é de costume das empresas, a expectativa é de que a mensalidade dos serviços online do Switch não ultrapasse os R$10.

A Nintendo não opera no Brasil desde 2015, devido aos altos impostos cobrados pelo governo, e o gerente de eventos e relações públicas da empresa, Bernard Guzmán-Blanco, não garantiu que o Switch esteja disponível para os brasileiros no dia 03 de março, data do lançamento mundial do console. Mas já é evidente a tendência da Big N em retomar os negócios no país, uma vez que a empresa está contratando tradutores para o português brasileiro, e o país será um dos poucos mercados a receber Fire Emblem Heroes na data de seu lançamento, prevista para amanhã.


Via A Casa do Cogumelo.

Comentários
0 Comentários

0 comentários: