[CORRENTE DOS SETE JOGOS] Episódio 5

Confira as escolhas e preferências do leitor Rafael, irmão do nosso co-administrador Diddy Kong

Satoru Iwata trabalhou diretamente com a criação de Pokémon GO

Segundo jornal japonês, maior fenômeno do mercado mobile foi um dos últimos jogos a contar com o envolvimento do falecido ex-presidente da Nintendo

[CORRENTE DOS SETE JOGOS] Episódio 4

Confira os jogos que o leitor Matheus escolheu para sua corrente

Confira a quantidade de jogos lançados para os sistemas Nintendo desde 1983

Do NES ao Wii U, confira quais consoles da Big N receberam mais e menos jogos em todo o mundo

[CORRENTE DOS SETE JOGOS] Episódio 3

No episódio dessa semana, vamos conhecer as preferências do leitor eQuakz no mundo dos games

domingo, 28 de agosto de 2016

[GAMES] Título da Sony é o mais vendido, mas Nintendo domina ranking japonês; 3DS lidera e Wii U é 4º

A disputa pela "medalha de ouro" do ranking de vendas do Japão continua intensa. Nas últimas semanas, a Nintendo vinha dominando em todos os quesitos, mas um novo lançamento da Sony tratou de interromper a hegemonia da Big N no top 20: o duplo lançamento de Tales of Berseria, para PS3 e PS4, ocupou as duas primeiras posições, com a versão para o atual console da Sony na liderança. A dupla empurrou o fenômeno Yokai Watch 3 para a terceira posição, mas o jogo continua com um ritmo de vendas impressionante em terras nipônicas, o que certamente ajudou o Nintendo 3DS a permanecer na liderança do ranking de consoles. Alheio a tudo isso, o Wii U voltou a registrar vendas abaixo das cinco mil unidades e segue na melancólica quarta posição.

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro já terminaram, com direito a uma participação histórica do primeiro-ministro japonês trajando as vestes do encanador Mario, o que pode explicar o bom desempenho das duas versões de Mario & Sonic at Rio 2016 Olympic Games (3DS / Wii U), ocupando a nona e décima posições, respectivamente. E na disputa do top 20, mais uma medalha de ouro para a Nintendo, representada por 13 títulos (10 para 3DS e três para Wii U) contra sete da Sony.

Confira os 20 jogos mais vendidos no Japão, na semana entre os dias 15 e 21 de agosto:

  1. Tales of Berseria (PS4) – 173.537 / NOVO
  2. Tales of Berseria (PS3) – 76.186 / NOVO
  3. Yokai Watch 3 (3DS) – 62.343 / 1.120.378
  4. Dragon Ball: Fusions (3DS) – 18.343 / 127.652
  5. Puzzle & Dragons X (3DS) – 16.370 / 144.106
  6. Kirby: Planet Robobot (3DS) – 12.365 / 407.297
  7. Minecraft: Wii U Edition (Wii U) – 9.786 / 91.410
  8. Pokémon Omega Ruby / Alpha Sapphire (3DS) – 9.353 / 2.871.259
  9. Mario & Sonic at Rio 2016 Olympic Games (3DS) – 8.155 / 223.510
  10. Mario & Sonic at Rio 2016 Olympic Games (Wii U) – 7.297 / 81.445
  11. Collar x Malice (PSVita) – 7.271 / NOVO
  12. Minecraft: PlayStation Vita Edition (PSVita) – 6.459 / 854.061
  13. Splatoon (Wii U) – 5.772 / 1.452.067
  14. Toukiden 2 (PSVita) – 5.434 / 86.122
  15. Ratchet & Clank (PS4) – 5.114 / 32.648
  16. Etrian Odyssey V (3DS) – 4.636 / 109.676
  17. Sumikko Gurashi: Mura o Tsukurundesu (3DS) – 4.436 / 24.977
  18. 12-Sai. Koisuru Diary (3DS) – 4.099 / 24.459
  19. Toukiden 2 (PS4) – 3.756 / 68.275
  20. Animal Crossing: New Leaf (Happy Price) (3DS) – 3.626 / 81.823

Agora, os consoles mais vendidos no mesmo período:

  1. 3DS - 28.807 / 21.073.255
  2. PS4 - 17.596 / 3.112.958
  3. PSVita - 10.027 / 5.141.396
  4. Wii U - 4.702 / 3.247.381
  5. PS3 - 1.192 / 10.432.924
  6. Xbox One - 52 / 67.536


Via Reino do Cogumelo.

sábado, 27 de agosto de 2016

[CURTAS] Confira Trio De Fotos Enviado Por Fã Que Venceu Concurso Online Lançado Pela Nintendo UK

Oi, pessoal, tudo bem?
A Nintendo do Reino Unido revelou anteontem quem escolheu como vencedor do concurso online que lançou no começo deste mês e encerrou no último dia 16: o fã @bravowstar, que demonstrou todo seu amor pelo primeiro console de sucesso da Big N através de uma sequência de três fotos tiradas de diferentes disposições de sua coleção de cartuchos do Nintendinho, formando a frase "I ♥ NES", e agora receberá em casa um NES Classic Mini quando este chegar às lojas da América e Europa, coisa que está prevista para acontecer no dia 11 de novembro.
Veja abaixo o trio de fotos enviado por @bravowstar:


Criativo, não, leitor(a)? 
Acesse o site da Nintendo UK clicando aqui caso queira ver outras imagens que participaram do concurso, e receberam "menção honrosa" da gigante dos games.
Até mais!
                                                                                 

[CORRENTE DOS SETE JOGOS] Episódio 5

E ai pessoal, mesmo com atraso, vamos agora ao quinto episódio do quadro Corrente dos Sete Jogos. Hoje, vamos conhecer as preferências do meu xará Rafael, irmão do nosso co-administrador Diddy Kong. Então, sem mais enrolações, vamos lá.




Nome / apelido: SirRafa;
Idade: 17 anos;
Onde mora: São Paulo - SP;
Contato: Rafael Delinardi Resck (Facebook);
Nintendo ID: 1032-2047-4253 (3DS) / RafaelDR (Wii U)
Como iniciou sua vida "gamer": Tudo começou quando eu tinha meus 4/5 anos de idade, período o qual meu pai julgou suficiente para que pudesse repassar-me o aparelho videogame que lhe fizera virar noites no começo de sua vida adulta, e que acreditava ser capaz de me proporcionar o mesmo nível de entretenimento: um velho, porém muito bem conservado SNES. Obviamente sua crença se confirmou! Por ainda ser muito jovem, durante anos tive de reservar algum tempo de minhas tardes até que pudesse enfim concluir os únicos dois jogos que continha: o clássico Super Mario World e nosso tão famigerado Donkey Kong Country 2: Diddy's Kong Quest. Obviamente, desde este período é que fui tomado por um enorme gosto em relação a esta espécie de arte que só a Nintendo sabe de fato, até hoje, proporcionar.

• Jogo que todo mundo fala, mas que nunca jogou:
  • The Elder Scrolls V - Skyrim (PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One, PC): Da série The Elder Scrolls, acredito que o quinto game tenha sido o mais bem sucedido em público alcançado, ao menos em território brasileiro. Durante anos pude presenciar diversos conhecidos, amigos a até mesmo primos comentarem sobre estarem jogando tal superprodução da renomada produtora norte-americana Bethesda, sobre como este RPG puro era praticamente impossível de ser concluído em 100%, e mesmo após ter acompanhado pessoas o jogarem a minha frente, e ter tido durante certo tempo um forte desejo de experimentar o jogo, o tempo foi passando e a oportunidade jamais tornou a bater a minha porta.

• Jogo / franquia que não tem vontade de jogar de novo:
  • Guitar Hero: Embora ainda respeite aqueles que apreciam este fenômeno cultural, que fez a infância de muita gente, nunca me senti atraído por qualquer game da franquia, mesmo após tê-los experimentados em certas ocasiões. Talvez isso se deva ao fato de eu jamais ter sido um ótimo conhecedor de bandas e composições do gênero que marca os títulos da série; ou então por considerar algo completamente sem noção estar realizando simples movimentos que simulem o acorde de um instrumento musical, enquanto poderia estar aprendendo a manuseá-lo de verdade.

• Último jogo que jogou:
  • Rayman Legends (PS3, PS4, Xbox 360, Xbox One, Wii U, PSVita, PC): Adquiri esta sequência de Rayman Origins durante uma promoção de Black Friday na eShop do Wii U no ano passado. Já era familiarizado com o protagonista de Rayman, e aprendi a apreciar esta enorme franquia da desenvolvedora francesa Ubisoft a partir de Rayman Raving Rabbids (Wii). Com diversos elementos inspirados nas séries de plataforma New Super Mario Bros. e Donkey Kong Country, o game impressiona com seu estilo de gráficos artísticos, níveis musicais e uma jogabilidade de alta interatividade com o GamePad. Embora eu já tenha concluído todos os níveis, e estar muito próximo dos 100%, aproveito de seu multiplayer também muito eficiente, e curto bons momentos junto de amigos.

• Jogo que jogou e que ninguém conhece:
  • Assassin's Creed: Bloodlines (PSP): Este exclusivo do primeiro portátil da Sony, embora faça parte de uma série de extremo sucesso e a qual passei a apreciar de uns anos para cá, de fato atingiu uma gama muito baixa de consumidores, pois até hoje, mesmo tendo me deparado com diversos adoradores da franquia, não fui capaz de encontrar alguém que tenha sequer visto algo a respeito do enredo desta produção, que se passa entre o primeiro e o segundo game da cronologia original. Nunca cheguei a finalizá-lo, porém devo admitir que curtia progredir com a caça aos templários em meio a uma jogabilidade e especificações técnicas muito bem adaptadas, levando em consideração as perceptíveis limitações apresentadas por tal console para receber um game de tal porte.

• Jogo que te surpreendeu muito:
  • Warface (Xbox 360, PC): Sempre fui fã de games do estilo FPS, mas nunca me saí tão bem ao jogar grandes franquias do gênero em consoles. No início, não foi diferente quando baixei este título da Crytec para PC, que no seu lançamento prometia revolucionar este cenário de jogos. Porém, ainda que seja conhecido por seu nível de dificuldade elevado, foram necessárias apenas algumas semanas para que eu pudesse estar dando diversos HS (HeadShot) e elevando minha patente rapidamente, experimentando uma vasta variedade de modos e mapas. Embora alguns afirmem que grandes equipamentos possam ser obtidos apenas caso seja investido muita grana no game, acredito que se possa ter destaque sem recorrer a seu bolso.

• Jogo que te decepcionou muito:
  • Super Smash Bros. Melee (GameCube): Contrariando a opinião de muitos amantes da franquia, que apreciam tal game devido aos cenários e personagens a disposição do jogador, para mim o título não apresenta nada que torne as batalhas dinâmicas e menos exaustivas, algo, por exemplo, proporcionado pelo Power Smash que surge a partir do Super Smash Bros. de Wii. As partidas logo se tornam monótonas e enjoativas, o que não se repete com as de seus sucessores. Jamais tive a oportunidade de jogar o primeiro título da série, para Nintendo 64, mas acredito que tal problema tenha provindo ainda desta época.

• Jogo / franquia que marcou muito sua vida:
  • Donkey Kong Country 2: Diddy's Kong Quest (SNES): E não há modo de ser outro! Juntamente de Super Mario World, essa obra-prima de nossa querida Big N foi o primeiro game que pude apreciar na vida; fez parte de toda a minha infância, tornando-a muito mais "saborosa". O que me leva a posicioná-lo um patamar acima do também fantástico game do famoso encanador bigodudo, talvez seja a trilha sonora do mestre David Wise, ou então os cenários 3D tão bem projetados para a época; são detalhes que me marcaram profundamente. Em minha concepção, até hoje, foram poucos os jogos que puderam de fato promover um equilíbrio de elementos que se torna indispensável para que qualquer obra possa ser considerada excepcional, como DKC2 fizera.


E é isso. Curtam e compartilhem nas páginas do blog no facebook e no G+ e indiquem para outros amigos que queiram participar.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

[RUMOR] NX terá controles destacáveis no estilo do Wiimote, com sistema de vibração mais imersivo

O último trimestre de 2016 se aproxima, e será no período final deste ano que finalmente conheceremos o misterioso NX. Mas enquanto isso não acontece, rumores a respeito do novo console da Nintendo continuam a tomar conta da internet. O mais novo deles, e que aponta da mesma direção das supostas especificações divulgadas pelo site Eurogamer, é de que o NX será um aparelho portátil com entrada para controles destacáveis, de forma semelhante aos vários acessórios que podem ser usados em conjunto com o Wiimote. O rumor continua com a informação de que a jogabilidade do NX será semelhante ao que os jogadores experimentaram com o controle do Wii e do Vive, dispositivo lançado junto com óculos de realidade virtual, de propriedade da americana Valve.

A jornalista Laura Dale, criadora do site Let's Play Video Games e ex-funcionária do site Destructoid, afirma ter obtido as informações citadas anteriormente de pessoas ligadas à indústria dos games. Segundo ela, os periféricos que podem vir a ser encaixados no NX terão um sistema de vibração mais imersivo, fazendo com que os movimentos dos jogos sejam sentidos de forma mais realista.

Confira a declaração de Laura Dale:
...é similar ao controle Vive, pois altera a intensidade, os padrões de pulsação e a duração da vibração para imitar a sensação de uma variedade de tipos de movimento. Não é apenas um tipo de vibração para todas as situações, há uma notável diferença entre o retorno abrupto e duro de uma colisão de espadas ou o macio e mais longo baque de acertar uma bola de tênis.

Vale lembrar que, recentemente, a Nintendo fez o registro de uma patente de um controle com peças destacáveis, o que pode confirmar este último rumor. No começo de julho, a Big N também registrou uma ideia de um console portátil com som inteligente e imersivo, conceito semelhante ao descrito pela jornalista.

Há sempre o fato de que, se uma empresa registra uma patente, não significa necessariamente o uso desta mesma patente em um aparelho novo. A Nintendo, como vem fazendo desde o anúncio do NX, não se pronunciou sobre o assunto. Para nós, e para todo o mundo, resta aguardar a apresentação oficial do NX.


Via Reino do Cogumelo.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

[CURTAS] Gerente de desenvolvimento da Nintendo fala sobre software do NX e público alvo do console

O outono se aproxima no hemisfério norte, e será nesta estação, oposta a nossa primavera, que o mundo finalmente conhecerá o misterioso NX. Mas enquanto este momento não chega, vários sites conceituados tentam prever como será o novo console da Nintendo, e as vezes, até funcionários do alto escalão da empresa falam sobre o aparelho. Desta vez, o Gerente de Planejamento e Desenvolvimento da Nintendo, Shinya Takahashi, abordou questões importantes sobre o NX, como o público alvo do console e a linha de jogos que o aparelho irá receber.

Durante uma entrevista para o jornal japonês Nikkei Trendy, Takahashi foi questionado sobre o público alvo do NX. O executivo não entrou em detalhes, mas afirmou que o objetivo da Nintendo é que o NX seja aceito por todos os jogadores, sejam eles casuais ou hardcores:
Não posso falar sobre isso em detalhes ainda, mas estamos planejando que tanto quem gosta de games como as mamães não desgostem dele. Acho que o meu desejo é lançar um dispositivo de games que possa trazer muita diversão para consumidores que têm muita experiência com games e também para consumidores que não têm jogado muito.

O periódico nipônico também perguntou a Takahashi sobre a irregular campanha de lançamento de jogos que tem afetado o Wii U nos últimos tempos, e se isso poderia ocorrer com o NX. O executivo não foi direto em sua resposta, mas suas palavras podem animar os consumidores da Nintendo:
Times de desenvolvimento de software e times que criam o ambiente de desenvolvimento estão pensando na linha de games do NX juntos. Por exemplo, um time de desenvolvimento de software pode ter um pedido, 'se tivéssemos esta biblioteca, então o desenvolvimento avançaria de forma suave'. Times criando o ambiente de desenvolvimento respondem a isso considerando 'se prepararmos um ambiente desta forma, então o desenvolvimento vai progredir suavemente', e eles discutem com os times de desenvolvimento, ouvindo as suas opiniões e priorizando estas coisas. Construímos uma relação de cooperação mais forte do que a que tínhamos antes, e esforços estão sendo feitos para que o software possa ser desenvolvido sem problemas.


Via Reino do Cogumelo.

domingo, 21 de agosto de 2016

[GAMES] Sem grandes novidades, Yokai Watch 3 volta a dominar as vendas no Japão; 3DS lidera e Wii U é 4º

O terceiro lugar ocupado no levantamento da semana passada parece ter sido apenas um ponto fora da curva da impressionante trajetória de Yokai Watch 3. O novo jogo da franquia de monstros mais maluca de todos os tempos não só retomou a liderança do ranking de vendas japonês, como ainda aumentou seu ritmo de vendas, acima das 90 mil cópias comercializadas. Quem agradece a isso é o Nintendo 3DS, que se manteve na liderança do ranking de consoles com uma boa vantagem para o rival Playstation 4. Alheio a tudo e todos, o Wii U teve um discreto aumento em suas vendas, mas nada que o levasse além do quarto lugar.

O outro destaque da semana fica por conta da ascenção das versões para 3DS e Wii U de Mario & Sonic at the Rio 2016 Olympic Games. Os Jogos Olímpicos do Rio terminam hoje, mas os japoneses parecem dispostos a continuar competindo no Parque Olímpico virtual por mais algum tempo. No agregado semanal, medalha de ouro para a Nintendo, que foi representada por 14 títulos (11 para 3DS e três para Wii U) contra apenas 6 da Sony.

Confira os 20 jogos mais vendidos no Japão, na semana entre os dias 08 e 14 de agosto:

  1. Yokai Watch 3 (3DS) – 92.833 / 1.058,036
  2. Dragon Ball: Fusions (3DS) – 31.801 / 109.310
  3. Ratchet & Clank (PS4) – 27.534 / NOVO
  4. Puzzle & Dragons X (3DS) – 19.355 / 127.736
  5. Kirby: Planet Robobot (3DS) – 15.461 / 394.932
  6. Etrian Odyssey V (3DS) – 12.522 / 105.040
  7. Pokémon Omega Ruby / Alpha Sapphire (3DS) – 10.258 / 2.861.907
  8. Mario & Sonic at Rio 2016 Olympic Games (3DS) – 9.207 / 215.355
  9. Mario & Sonic at Rio 2016 Olympic Games (Wii U) – 8.751 / 74.148
  10. Minecraft: Wii U Edition (Wii U) – 8.321 / 81.624
  11. Toukiden 2 (PSVita) – 8.249 / 80.688
  12. Minecraft: PlayStation Vita Edition (PSVita) 6.768 / 847.602
  13. Toukiden 2 (PS4) – 6.637 / 64.519
  14. Splatoon (Wii U) – 6.285 / 1.446.295
  15. Ys VIII (PSVita) – 5.688 / 69.878
  16. Sumikko Gurashi: Mura o Tsukurundesu (3DS) – 5.600 / 38.541
  17. 12-Sai. Koisuru Diary (3DS) – 5.556 / 20.360
  18. Jikkyou Powerful Pro Baseball 2016 (PSVita) – 3.718 / 168.552
  19. Animal Crossing: New Leaf (Happy Price) (3DS) – 3.534 / 78.196
  20. Story of Seasons: Trio of Towns (3DS) – 3.514 / 175.048

Agora, os consoles mais vendidos no mesmo período:

  1. 3DS - 30.892 / 21.044.448
  2. PS4 - 17.433 / 3.095.362
  3. PSVita - 11.240 / 5.131.369
  4. Wii U - 5.593 / 3.242.679
  5. PS3 - 1.064 / 10.431.732
  6. Xbox One - 56 / 67.484


Via Reino do Cogumelo.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

[CURTAS] Patente Da Nintendo Que Descreve Controle De Videogame Com Peças Destacáveis é Atualizada

Oi, pessoal, tudo bem?
A Nintendo atualizou recentemente uma curiosa patente que registrou no final de 2013, e foi publicada no começo de 2014, que traz o conceito de um controle de videogame com tela própria (parecida com a de um tablet), no qual é possível encaixar, a gosto do usuário, até quatro módulos de botões ou direcionais (analógicos e digitais).
Possivelmente relacionada ao misterioso NX, tal patente apresenta as imagens que você confere a seguir:

(Clique para aumentar)

(Clique para aumentar)

(Clique para aumentar)

(Clique para aumentar)

Não se esqueça que o fato de a Nintendo patentear uma ideia não significa que a empresa realmente pretende utilizá-la algum dia.
Até mais!