Cobrança do serviço online do Switch será iniciada na próxima semana

Cobrança está prevista para começar na próxima terça-feira (18); jogadores terão "período de testes" grátis por uma semana

Tufão e terremoto no Japão cancelam Nintendo Direct

Devido a desastres naturais e em respeito as vítimas, Nintendo cancela transmissão prevista para esta sexta-feira (06/09)

De forma surpreendente, Nintendo inaugura loja online no Brasil

Jogadores brasileiros finalmente podem comprar jogos com preços em reais

[SECRET HOARD] Os momentos mais surpreendentes de Donkey Kong Country Tropical Freeze

Confira alguns momentos curiosos do jogo e que quase ninguém havia reparado neles até agora

Confira os detalhes do serviço online do Switch

Nintendo disponibiliza plano família para quem divide o console com várias pessoas

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

[GAMES] Mesmo sem grandes novidades, Switch retoma liderança com larga vantagem no Japão; 3DS segue em 3º

O tempo vem provando que apenas um ponto fora da curva é capaz de tirar o Switch do posto de console mais vendido no Japão. No mais novo ranking de vendas nipônico, o console híbrido da Nintendo voltou a ocupar a liderança, e com larga vantagem sobre o Playstation 4, e se aproxima velozmente de ultrapassar a base instalada do rival no país. Enquanto isso, o Nintendo 3DS permanece na terceira posição.

Líder incontestável na semana passada, Kingdom Hearts III permanece na frente, seguido de Resident Evil 2 e New Super Mario Bros. U Deluxe. Dentre os títulos mais consagrados, destaque para Mario Kart 8 Deluxe, que atingiu a marca de dois milhões de cópias vendidas, e Splatoon 2, prestes a alcançar seu terceiro milhão.
No agregado semanal, a Nintendo voltou a ficar na frente, com 13 jogos contra sete da Sony.

Confira os 20 jogos mais vendidos no Japão, na semana entre os dias 28 de janeiro e 03 de fevereiro:

  1. Kingdom Hearts III (PS4) - 91.019 / 701.096
  2. Resident Evil 2 (PS4) - 51.339 / 304.186
  3. New Super Mario Bros. U Deluxe (Switch) - 45.879 / 358.748
  4. Super Smash Bros. Ultimate (Switch) - 35.217 / 2.799.969
  5. Pokémon Let's Go Pikachu / Let's Go Eevee (Switch) - 21.274 / 1.457.907
  6. Nelke and the Legendary Alchemists (PS4) - 18.679 / NOVO
  7. Super Mario Party (Switch) - 12.181 / 996.084
  8. Mario Kart 8 Deluxe (Switch) - 11.710 / 2.108.522
  9. Ace Combat 7 (PS4) - 11.444 / 239.322
  10. Minecraft: Nintendo Switch Edition (Switch) - 8.250 / 590.289
  11. Nelke and the Legendary Alchemists (Switch) - 8.046 / NOVO
  12. Splatoon 2 (Switch) - 7.689 / 2.918.368
  13. The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Switch) - 6.957 / 1.276.558
  14. Kingdom Hearts HD 1.5 + 2.5 Remix (PS4) - 6.023 / 235.306
  15. Dragon Quest Builders 2 (Switch) - 5.814 / 223.424
  16. Nelke and the Legendary Alchemists (PSVita) - 4.589 / NOVO
  17. Dragon Marked for Death (Switch) - 4.492 / NOVO
  18. Fate/Extella Link (Switch) - 4.134 / NOVO
  19. Robotics;Notes DaSH (PS4) - 3.943 / NOVO
  20. Fitness Boxing (Switch) - 3.613 / 23.332

Agora, os consoles mais vendidos no mesmo período:

  1. Switch - 69.472 / 7.317.862
  2. PS4 - 25.614 / 7.848.638
  3. 3DS - 4.914 / 24.406.062
  4. PSVita - 1.521 / 5.976.426
  5. Xbox One - 103 / 105.242


Via Switch Brasil.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

[CURTAS] Loja Nintendo é atualizada e passa a permitir pagamento via boletos bancários

Um dos principais meios de pagamento de compras através da internet para os brasileiros, a opção de boleto bancário foi adicionada ao site da Loja Nintendo, a página oficial da Big N para venda de jogos no Brasil. A novidade já havia sido anunciada pela própria Nintendo, em dezembro do ano passado, mas não havia uma data específica para que os boletos fossem disponibilizados aos jogadores. A transação está sendo intermediada pela empresa Allpago Processadora e Administradora de Soluções de Pagamento Ltda., com os boletos sendo emitidos pelo Banco Itaú.

A opção pelo boleto era uma reclamação antiga dos jogadores brasileiros, que tinham apenas o cartão de crédito como possibilidade de pagamento. Após feito o pedido e a emissão, o boleto deve ser pago em até sete dias; os códigos para download dos jogos serão enviados assim que o pagamento for confirmado, podendo levar mais dois dias caso seja pago em fins de semana.

Os preços dos jogos não tem alteração, sendo os mesmos tanto para pagamentos no cartão quanto no boleto.


Via Nintendo Blast.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

[GAMES] Sony surpreende com lançamentos e toma liderança do Switch por margem ínfima no Japão; 3DS segue em 3º

Depois de levar um verdadeiro "chocolate" da Nintendo nas últimas semanas, a Sony resolveu reagir: a estreia de Kingdom Hearts III e Resident Evil 2 monopolizou as atenções dos jogadores, no mais novo ranking de vendas japonês. Com tanta procura, o Playstation 4 registrou grande aumento de vendas e chegou a ultrapassar o Switch, mas o apelo do console híbrido é tanto que a diferença foi de apenas 215 unidades a favor do PS4. Alheio a tudo isso, o Nintendo 3DS permanece na terceira posição.

No agregado semanal, a disputa terminou em empate, com dez jogos para cada lado, sendo a Big N representada inteiramente pelo Switch neste ranking.

Confira os 20 jogos mais vendidos no Japão, na semana entre os dias 20 e 27 de janeiro:

  1. Kingdom Hearts III (PS4) - 610.077 / NOVO
  2. Resident Evil 2 (PS4) - 252.848 / NOVO
  3. New Super Mario Bros. U Deluxe (Switch) - 57.725 / 312.869
  4. Super Smash Bros. Ultimate (Switch) - 38.478 / 2.764.751
  5. Ace Combat 7: Skies Unknown (PS4) - 25.499 / 227.878
  6. Super Mario Party (Switch) - 11.958 / 983.903
  7. Mario Kart 8 Deluxe (Switch) - 10.860 / 2.096.812
  8. Pokémon Let's Go. Pikachu! / Let's Go. Eevee! (Switch) - 9.334 / 1.436.633
  9. Minecraft Nintendo Switch Edition (Switch) - 8.588 / 582.039
  10. Splatoon 2 (Switch) - 7.329 / 2.910.678
  11. Dragon Quest Builders 2 (Switch) - 7.117 / 217.610
  12. The Legend of Zelda: Breath of the Wild (Switch) - 6.578 / 1.279.601
  13. Kingdom Hearts HD 1.5 + 2.5 Remix (PS4) - 6.097 / 229.283
  14. Dragon Quest Builders 2 (PS4) - 5.275 / 211.667
  15. Tales of Vesperia: Definitive Edition (PS4) - 5.039 / 53.994
  16. Yakuza 4 (PS4) - 4.393 / 22.833
  17. Fitness Boxing (Switch) - 4.130 / 19.719
  18. PlayerUnknown's Battlegrounds (PS4) - 3.408 / 10.855
  19. Call of Duty: Black Ops IIII (PS4) - 3.261 / 527.400
  20. Higurashi no Naku Koro ni Hou (PS4) - 2.868 / NOVO


Agora, os consoles mais vendidos no mesmo período:

  1. PS4 - 52.644 / 7.823.024
  2. Switch - 52.429 / 7.248.390
  3. 3DS - 4.932 / 24.401.148
  4. PSVita - 1.701 / 5.974.905
  5. Xbox One - 93 / 105.139



Via Switch Brasil.

sábado, 2 de fevereiro de 2019

[CURTAS] Nintendo foi a publicadora com a quarta melhor média de pontos no Metacritic em 2018

Oi, pessoal, tudo bem?
A Nintendo ganhou mais um motivo para comemorar, esta semana, após o Metacritic divulgar o ranking das publicadoras mais bem avaliadas pela crítica especializada em 2018. Com uma média de pontos maior do que as obtidas por, entre outros nomes importantes, Ubisoft e Sony, a gigante de Kyoto conquistou o quarto lugar na listagem, perdendo apenas para Electronic Arts (3º), Sega (2º) e Capcom (1º).

O resultado da Big N foi menos expressivo do que o de 2017: seus jogos fizeram-na alcançar média de 76,4 pontos de 100, ante 78 do ano anterior, quando a "Casa de Mario" ficou como a segunda melhor publicadora; contudo, não deixa de ser positivo, até porque a companhia publicou mais títulos de peso no ano de estreia do Switch do que em 2018 e obteve mais uma vez, agora, o selo de "Good Games" (bons jogos) do Metacritic. Veja o ranking a seguir:

(Clique para aumentar)

É importante notar ainda que Nintendo e Sega foram as que mais lançaram jogos no ano passado, com 30 cada. Além disso, para formular o ranking, como já sugerido, o Metacritic só leva em conta as notas dadas pela crítica especializada aos games.

Dois títulos publicados pela Nintendo em 2018 ultrapassaram 90 pontos: Bayonetta 2 (92) e Super Smash Bros. Ultimate (93). O port de Donkey Kong Country: Tropical Freeze para o Switch, que chegou às lojas em 4 de maio do último ano, conseguiu 86 pontos dos críticos, enquanto o jogo da Big N com as piores avaliações no período, Kirby Battle Royale (3DS), atingiu apenas 57.
Até mais!


Via Nintendo Blast

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

[GAMES] Nintendo divulga relatório financeiro do terceiro trimestre do ano fiscal 2018 / 2019; confira

A Nintendo divulgou há pouco o relatório financeiro referente ao terceiro trimestre do atual ano fiscal, entre os meses de outubro e dezembro de 2018. No chamado Q3, em comparação com o mesmo período de 2017, a receita da empresa foi de ¥ 608,39 bilhões (US$ 5,47 bilhões), uma alta de 25,96%. Os lucros também subiram: ¥ 237,06 bilhões (US$ 2,13 bilhões) de lucro bruto, alta de 29,83%, e ¥ 158,62 bilhões (US$ 1,43 bilhão) de lucro operacional, aumento de 36,15%.

E o principal responsável por estes números não poderia ser outro: apenas neste período entre outubro e dezembro, o Switch vendeu 9.41 milhões de unidades, o que significa nada mais do que 90% de todo o lucro da Nintendo; para efeito de comparação, no ano anterior, foram 7.23 milhões de unidades vendidas. O feito elevou a base instalada global do Switch para 32.27 milhões de unidades, o que o coloca imediatamente atrás de tudo que o Nintendo 64 vendeu em toda a sua vida (32.97 milhões). E um bom console, naturalmente, traz bons jogos, e os títulos exclusivos da Big N não fizeram feio, como pode ser visto abaixo por meio de suas vendas totais:

  1. Mario Kart 8 Deluxe — 15.02 milhões;
  2. Super Mario Odyssey — 13.76 milhões;
  3. Super Smash Bros. Ultimate — 12.08 milhões;
  4. The Legend of Zelda: Breath of the Wild — 11.68 milhões;
  5. Pokémon Let’s Go Pikachu / Let’s Go Eevee — 10 milhões;
  6. Splatoon 2 — 8.27 milhões;
  7. Super Mario Party — 5.3 milhões;
  8. 1-2-Switch — 2.86 milhões;
  9. Mario Tennis Aces — 2.53 milhões;
  10. Kirby Star Allies — 2.42 milhões;

No entanto, apesar da boa campanha, a Nintendo reduziu a meta anteriormente estabelecida para o Switch para o atual ano fiscal, de 20 milhões para 17 milhões de unidades; o 3DS também teve sua meta diminuida, embora sem números exatos. O presidente da Nintendo, Shuntaro Furukawa, disse que "não trabalhamos duro o suficiente para convencer os consumidores sobre as vantagens do Switch". Porém, a meta de vendas de jogos foi revisada para cima, com estimativa de 110 milhões de cópias, 10 milhões a mais que a previsão anterior.

Os demais consoles também brilharam. O Nintendo 3DS ainda teve fôlego para vender 1.3 milhão de unidades, enquanto Mario Kart 7 ultrapassou a marca de 18 milhões de cópias vendidas. Vale lembrar que a dupla foi lançada lá em 2011, portanto vender assim com oito anos de estrada é um feito para se comemorar. Em relação aos mini-consoles NES Classic Edition e SNES Classic Edition, cerca de 13.4 milhões de unidades de ambos os aparelhos foram enviadas às lojas na última reposição de estoque confirmada pela Nintendo.


Via Meio Bit, Eurogamer.pt, O Globo e Nintendo.

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

[GAMES] Nos Estados Unidos, Switch foi o console mais vendido, e Nintendo ficou como publicadora número um, em 2018

Oi, pessoal, tudo bem?
Uma série de novas informações coletadas pelo NPD Group foram divulgadas pelos analistas de mercado Mat Piscatella e Daniel Ahmad no Twitter e deixaram mais evidente o ótimo desempenho de vendas do Switch em 2018 nos Estados Unidos. O aparelho da Nintendo foi o videogame mais vendido e o que mais gerou lucro na "Terra do Tio Sam" no ano passado! Aliás, se tornou ainda a plataforma mais lucrativa para dezembro desde o Wii em 2009 e a que teve mais unidades vendidas em um último mês do ano desde 2010, saindo-se 125% melhor que o PS4 e 92% melhor que o Xbox One no mês passado.

Ao somar as unidades vendidas e o lucro do Switch em 2018 no território estadunidense, obtém-se o maior valor total desde o apresentado pelo PS4 em 2015. A base instalada do console híbrido ultrapassou 10,5 milhões de unidades no país norte-americano, sendo que 5,6 milhões foram vendidas em 2018, o que corresponde a um desempenho 16% superior ao de 2017.

Em relação aos jogos, quatro exclusivos do Switch entraram para o Top 10 dos mais lucrativos em dezembro do ano passado: Super Smash Bros. Ultimate (1º), Mario Kart 8 (6º), Super Mario Party (8º) e Pokémon - Let's Go Pikachu (9º). O título de luta da Nintendo representou a empresa ainda na listagem dos dez que mais geraram lucro em 2018, ficando com a quinta colocação, e entrou para a história como o exclusivo que mais gerou lucro no mês de lançamento. Todo esse sucesso fez com que a gigante de Kyoto terminasse o ano com o posto de publicadora número um nos Estados Unidos, coisa que havia acontecido pela última vez em 2009!

Também no que se refere ao último mês de dezembro, a Big N foi responsável por 55% do total de videogames vendidos no território estadunidense, com Switch, 3DS, SNES Classic Edition e NES Classic Edition somando 2,8 milhões de unidades; e na comparação ano a ano para o mesmo período, o desempenho de vendas do atual console doméstico da companhia melhorou 18%. 

Vale lembrar, por fim, que o NPD Group já havia informado que o Switch foi o aparelho que mais vendeu nas lojas da "Terra do Tio Sam" 21 meses após o lançamento
Até mais!

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

[CURTAS] Presidente diz que Nintendo não planeja cortes de preços ou um sucessor do Switch no momento

Presidente da Nintendo desde junho de 2018, Shuntaro Furukawa deu uma entrevista para o jornal japonês The Sankei News, onde foi questionado se pensava em promover um corte de preços para o Switch, ou até mesmo se já planejava um sucessor para o console híbrido. Furukawa negou ambas as opções e explicou os motivos, além de comentar sobre a meta de vendas do Switch e jogos para dispositivos móveis. Confira na entrevista abaixo:

Parece que vocês tiveram muito sucesso com suas vendas no final do ano.
Furukawa:
Tivemos ótimas vendas para nosso console doméstico, o Nintendo Switch. Super Mario Party vendeu 1,5 milhão de cópias em todo o mundo em apenas um mês após seu lançamento em outubro. O mais novo título da franquia série Pokémon vendeu 3 milhões de cópias na primeira semana de vendas. E Super Smash Bros. Ultimate vendeu 5 milhões de cópias em sua primeira semana. 
Você poderia nos dizer como está seu objetivo para o Switch vender 20 milhões de unidades dentro do ano [fiscal]?
Furukawa
: É uma conquista extremamente ambiciosa, mas que vale a pena. Então, vamos manter esse objetivo. O Nintendo Switch é o nosso principal objetivo de vendas, e não estamos considerando um sucessor ou um corte de preço neste momento. 
E sobre os seus jogos para smartphones?
Furukawa:
Os jogos de smartphones para nós não é um negócio em que vendemos um produto aos consumidores uma vez e isso é em sua maioria. Nosso modelo operacional é continuar a construir um relacionamento com nossos consumidores. É muito diferente do que fazemos com o nosso hardware de jogos dedicado, por isso estamos no meio de acumular experiências neste campo. Nós certamente queremos lançar jogos em uma ampla variedade de gêneros. Queremos que isso continue a ser um meio de apoiar nossos pilares de receita. 
Está se tornando progressivamente difícil manter funcionários talentosos durante períodos econômicos em expansão?
Furukawa:
Estamos aumentando nossa intensidade na competição de aquisição de pessoas altamente qualificadas, mas estamos diante de outras fontes de poder competitivo, então estaremos lidando com essas situações cuidadosamente. A Nintendo é uma empresa do setor de entretenimento e nossa missão é dar às pessoas uma razão para sorrir. Como nosso negócio está ligado ao fluxo e refluxo de nossos tempos, estamos exigindo aqueles que podem se adaptar de maneira flexível. No passado, nós aumentamos nossos programas de estágio e tal para interessar as pessoas em como fazemos as coisas; queremos continuar a espalhar as formas de pensar da Nintendo.


Via Switch Brasil.