segunda-feira, 8 de maio de 2017

[CURTAS] Kimishima se surpreende com alta demanda do Switch, que passa a ser transportado por via aérea

Quando o Switch foi lançado, no dia 03 de março deste ano, as atenções de todo o mundo se voltaram para o primeiro console híbrido da história, e se seria bem aceito pelos jogadores. O sucesso estrondoso do Switch foi tão surpreendente que até o presidente da Nintendo se espantou com os números. Segundo Tatsumi Kimishima, a expectativa eram de vendas na casa de dois milhões de unidades, mas o Switch contrariou a todos e obrigou a Nintendo a aumentar a produção do console, para conseguir atender a alta e inesperada demanda. Mesmo que para isso seja necessário gastar a mais pelo transporte aéreo.

Segundo Kimishima, a Nintendo pretende enviar às lojas cerca de 10 milhões de unidades do Switch durante o atual ano fiscal, que se encerra em 31 de março de 2018. Para o executivo, a demanda pelo console pode aumentar ainda mais com a chegada de títulos muito esperados como ARMS, Splatoon 2 e Super Mario Odyssey. Kimishima aproveitou para ressaltar que, apesar do excelente momento, o Switch ainda não trouxe lucro para a Nintendo, mas que espera reverter isso após produzir as 10 milhões de unidades previstas para o ano fiscal.

A previsão de Kimishima, no entanto, pode esbarrar novamente na questão da demanda do console, porém, não apenas pela alta procura, mas também pelo custo do transporte. Isso porque a Nintendo decidiu enviar as unidades do Switch por via aérea para não permitir que as lojas sofram com a escassez do produto, que segundo dados da rede de lojas GameStop, se esgota em questão de horas. A viagem aérea, sabidamente mais veloz, também é mais cara, gerando um custo adicional de US$45 por cada unidade transportada, em comparação com as viagens tradicionais, por via marítima.


Via Reino do Cogumelo e Nintendo Blast.

Comentários
0 Comentários

0 comentários: