terça-feira, 18 de agosto de 2015

[CURTAS] Em entrevista, Iwata diz que considera os jogos em que trabalhou como seus filhos

Em julho de 2013, Satoru Iwata deu uma entrevista ao site Tokyo Keizai Online, que por alguma razão desconhecida, não a publicou na íntegra. Agora, pouco mais de um mês após o súbito falecimento do presidente da Nintendo, o site resolveu divulgar o conteúdo omitido, que mostra um pouco da visão que Iwata tinha das coisas e até mesmo sobre seu jogo favorito, onde ele dá uma resposta que prova o porque de ser descrito como "presidente com mente de programador, e coração de gamer".

Questionado sobre qual seria seu jogo favorito, Iwata respondeu:
Essa é uma pergunta difícil. Eu sou um desenvolvedor de jogos, então tenho um carinho especial por todos os jogos nos quais eu me envolvo como programador ou produtor, seja Kirby Super Star, Earthbound ou Super Smash Bros. Portanto, é muito difícil citar apenas um.
Eu vejo todos esses jogos que eu produzi de uma forma muito próxima, como se fossem meus filhos, por assim dizer.
Não é fácil dizer qual jogo eu gosto mais. Como um criador, é algo habitual para mim pensar em como um determinado produtor se tornou um enorme sucesso, ou porque um jogo que eu pensei que era divertido não ganhou muita atenção. Eu não vejo os jogos da mesma forma que os clientes que compram esses produtos, porque eu os aprecio como parte do meu trabalho.

Iwata também falou sobre como enxerga as coisas do dia-a-dia:
Vamos dizer que eu vá para a Disneylândia. Eu não sou o visitante que simplesmente fica animado ao ir em uma atração. Em vez disso, eu me coloco na pele de quem a criou. Isso se tornou um hábito para mim. Mesmo quando eu estou assistindo a um filme, eu tento entrar na mente do cineasta em uma determinada cena. Minha cabeça começa a funcionar desse jeito, mesmo que eu não seja um especialista em cinema.

Sem dúvidas são palavras que farão Iwata ser admirado ainda mais, não apenas por seu trabalho, mas por sua essência, sua humanidade e, acima de tudo, sua humildade.


Via A Casa do Cogumelo.

Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Renatinha disse...

Muito bacana essa postagem, falando um pouco sobre Satoru Iwata, parabéns...