sexta-feira, 10 de outubro de 2014

[CURTAS] Segundo empresa, marca "Nintendo" perdeu 33% de seu valor

Que a Nintendo é uma das gigantes do mercado de games, não se pode negar. Vencedora da briga da última geração de consoles, a empresa tem um patrimônio tão grande, que sobrevive sem faturar nenhum centavo até o ano de 2052. Mas é melhor a Big N se preparar, caso um infortúnio desse venha a acontecer: segundo análise da Interbrand, o valor da marca "Nintendo" caiu 33% no mercado.

A Interbrand, divisão da empresa Omnicom, afirma que, embora a Nintendo invista em diversão familiar, os jogadores mais "ousados" não gostam dos produtos da empresa. Junto a isso, está o fato de o entretenimento oferecido com exclusividade em consoles domésticos e portáteis mudou o foco para smartphones e tablets. As baixas vendas do Wii U também foram destacados, assim como os poucos jogos disponíveis para o console.

Apesar dos problemas mostrados, a Interbrand apontou uma possível solução: investir no mercado chinês, aberto novamente aos videogames após se isolar por 14 anos. Como se sabe, a China é a segunda maior economia do mundo e dona da maior população do planeta. A companhia também indicou os bonecos amiibo, que podem fazer com que cada jogador tenha um personagem único, e não pré-criado na programação dos jogos. Porém, para isso, os bonecos terão que competir com marcas já estabelecidas no mercado, como Skylanders e Disney Infinity.

Ainda de acordo com a Interbrand, a Nintendo também vem perdendo fãs, e que é necessário uma experiência impactante para trazê-los de volta. A expectativa é que o lançamento de Super Smash Bros. for Wii U, aliado com os bonecos amiibo, resolva parte do problema. A versão para Nintendo 3DS do jogo de luta é um verdadeiro fenômeno.

Para finalizar, a Interbrand também analisou as marcas concorrentes da Nintendo: segundo a análise, o valor da Sony também registrou queda, mas de apenas 3%, enquanto a Microsoft teve alta de 3%. A empresa analisou de forma unida as marcas Sony/Playstation e Microsoft/XBox.


Via A Casa do Cogumelo.

Comentários
0 Comentários

0 comentários: