sábado, 7 de maio de 2016

[CURTAS] Analistas e Executivos De Varejo Mostram-se a Favor De o NX Ser Lançado Em 2017

Boa noite, pessoal, tudo bem?
Procurando analistas e executivos de varejo que pudessem comentar a respeito de o NX ser lançado em 2017, e de a Nintendo ter decidido não tratar do console na E3 2016, o site britânico MCV (Market For Computer & Video Games) chegou a Robert Lindsay, executivo da MD Centre (a maior rede de lojas independentes da Escócia), e a Steven Bailey, Analista Senior da empresa estadunidense de consultoria IHS, os quais concederam entrevistas.
Em suas declarações, que você confere abaixo, tanto Lindsay quanto Bailey concordaram que a Big N tem que trazer o NX no ano que vem para tentar consertar os erros que cometeu com o Wii U, o qual fracassou em vendas, e voltar ao topo do mercado mundial de games.

Embora o Wii U tenha games fantásticos, ele nunca desfrutou do apoio third-party necessário para chamar a atenção das massas. O console em si não apelou para fãs mainstream (grande público) que o Wii atraiu, ou para a base hardcore de fãs das máquinas da Sony e Microsoft. A Nintendo tem que acertar desta vez, e se isso significa lançar o "NX" em seu próprio tempo então que assim seja. - Robert Lindsay

Não há lógica em trazer um hardware inovador, se o software e a mensagem não conseguirem convencer as pessoas do seu valor. Com o coração dos negócios da Nintendo em declínio, parece um erro perder o período de vendas do quarto trimestre do ano. Mas seria um erro ainda maior lançar o "NX" sem o suporte adequado. Em relação à Nintendo não revelar o "NX" em um evento de alta visibilidade como a E3, é importante notar que a Nintendo vem cultivando seus próprios meios de se conectar com fãs, então há bastante espaço para apresentar o "NX" até o seu lançamento, mesmo fora dos shows tradicionais da indústria. - Steven Bailey

Compartilha do pensamento de ambos, leitor(a)?
Até mais!
                                                                                 

Comentários
0 Comentários

0 comentários: